relatório | Instituto Esporte & Educação

relatório

Dezembro 2006

Tags relacionadas:

 


 

IEE é finalista de Prêmios de Empreendedorismo Social

O ano de 2006 foi muito importante para o Instituto Esporte & Educação. Alcançou-se a marca de 3.000 alunos e 18 Núcleos, um crescimento de mais de 150% em dois anos.

Mas este não é o único motivo para comemoração. O IEE e sua Presidente, Ana Moser, concorream a dois prêmios de Empreendedorismo Social, realizados por duas instituições internacionais: a Ashoka e a Fundação Schwab.

A Ashoka, em parceria com a empresa de consultoria de negócios MacKinsey, realiza há vários anos concursos de desenvolvimento de Planos de Negócios Sociais, direcionados a Organizações Sociais de vários países da América Latina. Somente no Brasil, 343 instituições se inscreveram em 2006, sendo que 20 foram selecionadas para participarem de um programa de capacitação ministrado pela MacKinsey, com o objetivo de construírem seus planos de negócio. Destas, 10 instituições, dentre elas o IEE, foram selecionadas para participar da etapa final.

Já a Fundação Schwab realiza há dois anos, em parceria com a Folha de São Paulo, o Prêmio Empreendedor Social, que premia os líderes das instituições de destaque. Neste ano o IEE, por meio de sua presidente, é um dos 9 finalistas.

Para Ana Moser "só o fato de estarmos entre os finalistas já é nosso grande prêmio. Estamos conseguindo elevar o esporte a um patamar de reconhecimento social sem paralelos no Brasil. E isso se deve à seriedade e ao trabalho de todos nossos colaboradores e parceiros, que têm construído uma metodologia única de educação pelo esporte. São eles nossos professores, coordenadores, pessoal do administrativo e parceiros das comunidades atendidas. Além do apoio e credibilidade da Unilever, que está conosco desde o nascimento do Instituto."

 


 

Encerramento ano I - Método Sorocaba

O projeto Método Sorocaba chegou ao final do seu primeiro ano de trabalho e os participantes apresentaram o projeto de conclusão. “Os dezesseis trabalhos apresentados mostraram a capacidade de transformar as aulas de Educação Física em um momento de prática esportiva inclusiva”, diz Caio Martins, coordenador do projeto. “Cada grupo apresentou um modelo de projeto voltado à comunidade, pautado nos objetivos e na metodologia do IEE.”

A capacitação, iniciada em abril deste ano, com a programação de 200 horas de formação, abordou os seguintes conteúdos: Bases Educacionais para utilização do Esporte Educacional, Concepções de Ensino e Aprendizagem Sócio-Construtivista, o Jogo como Estratégia de Ensino, Planejamento, Avaliação e Gestão.

A continuidade do projeto no ano II inclui a capacitação de 60 professores e a abertura de mais quatro núcleos no Município de Sorocaba.
 

 


 

Formação continuada encerra a programação de 2006

Hora de avaliar e construir idéias. Refletir e observar no trabalho do outro uma oportunidade de recriar idéias e apontar soluções. O Seminário Interno do Instituto Esporte & Educação acontece semestralmente. O espaço, que serve de ponto de encontro de todos os funcionários e profissionais de Educação Física, colaboradores nos projetos, é o momento de analisar as dificuldades e apontar soluções. Tudo isso sob o comando da equipe de coordenação do IEE.

“A intenção da formação continuada é aperfeiçoar o método de ensino e a didática do professor”, explica Caio Martins, coordenador do Instituto. O treinamento está dividido em dois focos: na apresentação da prática pedagógica de cada Núcleo, no qual todos discutem e apontam críticas construtivas. O outro ponto é como formatar uma metodologia desafiadora para fidelizar os alunos no projeto. Segundo Caio Martins, a prática da formação continuada é uma ferramenta importante no processo de desenvolvimento nas ações do IEE.
 


 

Novembro 2006

Tags relacionadas:

 



Instituto Esporte e Educação participa de Ação Global

O Instituto Esporte & Educação e o Centro Rexona-Ades estiveram presentes no Ação Global, um dos principais programas sociais do País. Os professores Alexandre Arena, Josemar de Oliveira e Cibele Venancio ministraram oficinas de vôlei.

Além da oficina de vôlei, diversos eventos ocorreram paralelamente. Foram oferecidos: emissão gratuita de documentos, exames médicos, orientações odontológicas, cortes de cabelo, oficinas culturais e recreação infantil.

Segundo Alexandre Arena, foi uma oportunidade de se associar a diversos parceiros com um objetivo único de discutir e proporcionar a população a participação em ações de responsabilidade social.
 


 

Outubro 2006

Tags relacionadas:

 


 

Noite diferente para crianças e adolescentes do Centro Rexona Ades

Os alunos dos Núcleos de Marechal Tito, Indaiatuba, Heliópolis e Jardim São Luiz puderam acompanhar de perto o confronto entre Rexona Ades e Finasa / Osasco, válido pela Copa Salonpas, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Foi uma noite muito especial para os jovens. A equipe do Técnico Hélio Griner venceu a partida em emocionantes 3 sets a 2.

 


 

I Circuito Esporte & Educação de Voleibol

Ao longo do segundo semestre, os adolescentes dos Núcleos Centro Rexona Ades de Marechal Tito, Heliópolis, Jardim São Luiz e Indaiatuba organizaram junto com os professores, o primeiro Circuito Esporte & Educação De Voleibol. Nos quatro dias de evento, cada Núcleo sediou uma etapa, e os próprios adolescentes foram os responsáveis pela organização e a programação do dia. Para divulgar o projeto entre outros moradores de cada região, equipes convidadas também participaram.

A comunidade participou, apoiou e prestigiou os jovens. No cronograma, os jogos adaptados e as gincanas estavam voltados ao público. O esporte foi vivenciado como instrumento educacional, todos jogaram e participaram de gincanas. A disputa mostrou que o ganhar e o perder são coadjuvantes em um processo de educação, e todos têm direitos e oportunidades iguais.

O Núcleo de Marechal Tito sediou a primeira etapa.

 


 

IEE participa de seminário sobre violência e democracia

A Faculdade Dom Bosco, em Curitiba, no Paraná, organizou , em outubro, o 1º Fórum de Debates Violência e Democracia, com foco nas interfaces do panorama brasileiro. O evento aconteceu na Federação das Indústrias do Paraná, registrando a presença de mais de duas mil pessoas, entre acadêmicos e professores da instituição e alunos do Ensino Médio do Colégio Dom Bosco. Também estiveram presentes autoridades do setor público e especialistas convidados, como o pedagogo e Mestre em Educação, Roberto Carlos Ramos; a diretora presidente do Instituto Esporte & Educação, Ana Moser; a secretária de Ação Social de Curitiba, Fernanda Richa; o secretário da Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari; o coronel Itamar dos Santos, secretário de Defesa Social de Curitiba, entre outros convidados.

O Instituto Esporte & Educação participou com um estande de divulgação e também nas discussões, com Ana Moser; nas oficinas culturais e esportivas, com os professores Ambleto Ardigó e Alan Ciriaco. Isabel Moser, gerente do IEE, comentou a importância da presença do Instituto em eventos como esse : “é muito bom mostrar nossa metodologia que objetiva o entendimento do aluno nas questões esportivas, sociais e educativas. Seja na participação da Ana no debate, nas atividades, nas quais acontecem simultaneamente a teoria e a prática, e por meio dos materiais visuais. É na troca de conhecimentos que adquirimos mais bagagem”, completa.
 


 

Setembro 2006

Tags relacionadas:

 


 

Sorocaba inaugura dois Núcleos

O Instituto Esporte & Educação e o Centro Rexona Ades inauguram dois núcleos de formação no Município de Sorocaba. O atendimento previsto é para 240 crianças e jovens entre 7 e 14 anos. Os professores e coordenadores do núcleo estavam engajados no Programa Método de Capacitação desde o início do ano de 2006.

“Essas inaugurações são fruto de um trabalho que começou no início do ano com a capacitação dos professores. Esse investimento está gerando muitos resultados e ainda trará muitos retornos”, disse Ana Moser.

As escolas Prof Irineu Leister e Profª Darlene Devasto, respectivamente, no bairro Jardim Ipiranga e Jardim Atílio Silvano, irão sediar os dois núcleos. O programa não se restringe ao vôlei, que é a especialidade do projeto, pois pode ser adaptado a qualquer prática esportiva.

 


 

Agosto 2006

Tags relacionadas:

 


 

IEE Promove curso de motivação para educadores no RJ

No segundo ano de trabalho no Município do Rio de Janeiro, o projeto Programa Método de Educação e Esportes se estendeu aos coordenadores das Vilas Olímpicas e aos supervisores dos agentes esportivos da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. No cronograma, estratégias de ação e desenvolvimento dos profissionais nos diferentes ambientes de trabalho. Os professores do Instituto Esporte & Educação e do Centro Rexona Ades de Voleibol ministraram um treinamento motivacional aos educadores envolvidos no projeto.

Como proposta, o objetivo de motivar, no sentido de ampliar o olhar com o foco de autocrítica ao trabalho. Na teoria, a idéia de liderança e suas habilidades, e, na prática, dinâmicas para exercitar os conceitos trabalhados. Segundo Fábio D´Ângelo, professor do IEE, as pessoas, em um primeiro momento, acham que a posição de líder é inata, mas todos podem chegar a este posto. Na prática, é um cidadão transformador e motivador, que usa estratégias para alcançar as habilidades de cada um.

Para encerrar a palestra, os professores organizaram uma roda de avaliação e elaboraram um mapa com uma seqüência de palavras, sinônimos, adjetivos e ações interligadas à prática da liderança. A intenção é despertar uma reflexão sobre as relações de trabalho do dia a dia e as experiências adquiridas durante o treinamento.
 


 

CDHU Jardim São Luiz e Indaiatuba abrem nona edição do Internúcleos

Os Núcleos CDHU Jardim São Luiz, na zona sul da capital paulista e Indaiatuba, no interior do Estado, inauguraram a nona edição do Internúcleos Centro Rexona Ades em São Paulo. A primeira fase foi local, os alunos de cada Núcleo estiveram reunidos em seus espaços. Na disputa, a vaga para a etapa regional, prevista outubro no Ginásio Baby Barione.

A temática deste ano foi o fair play, o jogo limpo, como critério de classificação para próxima etapa. Durante os eventos os jovens tiveram a oportunidade de mostrar aos pais e à comunidade trabalhos desenvolvidos durante o ano, como faixas, cartazes e dança.

“As etapas locais do Internúcleos mexem com a rotina do projeto. A participação da comunidade é sempre marcante”, esclareceu Ana Moser, presidente do Instituto Esporte & Educação.
 


 

Etapa Local promove encontro de alunos em São Paulo e no Interior

Os Núcleos do Jardim São Luiz e de Indaiatuba, no interior do Estado, abriram a primeira etapa paulista do IX Internúcleos do Centro Rexona-Ades. As competições reuniram todos os alunos dos projetos. Além de jogarem vôlei, todos desenvolveram atividades relacionadas ao tema do campeonato, o fair play (jogo limpo). A comunidade recebeu algumas atrações, criadas pelas próprias crianças, sendo que as atividades foram relacionadas aos países participantes da última Copa do Mundo. Cada núcleo representou e estudou um país e apresentou ao público a cultura, os jogos, as brincadeiras típicas, as danças e os ensinamentos de paz de cada localidade.

“As crianças ficam ansiosas com o Internúcleos. É interessante que, como acontece todo o ano, os pais também ajudam na realização do evento”, disse Alan Leão, responsável pelo Núcleo Jardim São Luiz.

O Internúcleos do Centro Rexona-Ades segue com mais duas etapas, nos Núcleos Heliópolis e Marechal Tito.
 


 

Mil crianças participam de etapa local do Internúcleos

Mais duas etapas locais do Internúcleos do Centro Rexona-Ades. Os eventos em Heliópolis, Marechal Tito e Jardim São Luiz reuniram cerca de 1.000 crianças e jovens com idades entre 6 e 14 anos.

 


 

Julho 2006

Tags relacionadas:

 


 

Caravana do Esporte em Minas Gerais

Em sua terceira etapa no ano de 2006, a Caravana do Esporte esteve pela primeira vez em Minas Gerais, região entre os estados brasileiros que apresentam, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), rotas de tráfico de crianças e prostituição infantil. A cidade escolhida foi Itaobim, ao norte do estado mineiro.

O atendimento em Itaobim será para 100 professores e 1.200 crianças e adolescentes, alunos da rede pública de ensino da zona rural e urbana. A equipe de professores do Instituto Esporte & Educação (Fabio D´Ângelo, Ambleto Ardigó e Alan Ciriaco) foi acompanhada por: Tota Medrado e Sônia Esteves (tênis), Carlos De Simone, comentarista de handebol da ESPN Brasil, Ariane Bacellar e Soraia André (judô), Axel Grael e Pedro Hoffman (vela) e Fernando Dias (marcenaria). No mapa de atividades, o esporte simples, lúdico e com caráter educativo a ser difundido na comunidade. Nas oficinas de materiais, alternativas de fácil entendimento aos educadores locais, na construção de caiaques e ações de meio ambiente.

 


 

Núcleo Centro Rexona Ades Marechal Tito se apronta para Festa Julina

O tradicional arraial do Núcleo Centro Rexona Ades Marechal Tito “balançou” a região do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo. Os professores estão na organização do evento, com o apoio da Associação Resgate Total. A festa aconteceu no horário das aulas, das 13h30 às 16h30, e foram estimadas 200 pessoas, entre pais, alunos e moradores da região.

Segundo a professora Rosângela Pires, responsável pelo Núcleo, o propósito é divulgar o espaço, aproximar os pais, envolver a comunidade e despertar nas crianças o interesse pela cultura. Na programação, diversas atividades como: quadrilhas com todos os alunos e apresentações de dança da Entidade Filantrópica Centro de Desenvolvimento Cultural de Guarulhos, além das tradicionais comidas típicas, as barracas de pesca, boca do palhaço e rabo do porco. Um bingo beneficente encerrou as festividades.
 


 

Instituto Esporte & Educação integra Núcleos com a comunidade

Os Núcleos Centro Rexona Ades de Voleibol do Instituto Esporte & Educação de Heliópolis, CDHU Jardim São Luiz e Marechal Tito tiveram, ao longo do ano de 2006, os "Encontros de Relacionamento", sob orientação da psicóloga Adriana Carbone. As oficinas funcionaram no modelo de rodas de conversas, com o método da terapia comunitária, compreendida como instrumento para construir redes sociais solidárias e promoção da vida entre professores, jovens, crianças e comunidade.

Nos encontros foram trabalhados temas como respeito, preconceito, violência, auto-estima, dificuldades de relacionamentos, integração e cidadania. O espaço propiciou a escuta e a fala, e todos foram capazes de construir respostas perante os problemas, identificando a dificuldade do outro no resgate de sua história .

Esse trabalho teve por objetivo: formar professores e agentes multiplicadores destas questões, por meio de um método de intervenção; acionar líderes comunitários; atrair mais pessoas para o projeto; e resgatar a auto-estima da comunidade, valorizando suas competências.

Marechal Tito recebeu a primeira dinâmica. Entre os participantes, estavam professores, mães, crianças e adolescentes. Durante as duas horas de reunião, 40 pessoas discutiram o assunto "respeito", e a pergunta central era "quem já se sentiu desrespeitado, e o que fez para superar esta dificuldade?". Ao longo das histórias, superação, soluções e iniciativas de vencer o medo e aumentar a auto-estima. Segundo Alexandre Arena, coordenador de Núcleos do IEE, é uma oportunidade para as pessoas ficarem cada vez mais motivadas e aprender a lidar com suas angústias. Carbone acredita na metodologia do esporte educacional, e insiste que a terapia comunitária é um elemento de colaboração frente a esta demanda social.

Até o final do ano, quinzenalmente, os Encontros de Relacionamento a previsão é de atender cerca de 1500 pessoas, como ação direta do calendário anual de atividades dos Núcleos envolvidos.
 



Núcleos Centro Rexona Ades aproveitam época de férias

O mês de julho é sempre agitado para crianças e adolescentes dos Núcleos Centro Rexona Ades. No recesso escolar, os alunos, fora da sala de aula, tiveram a oportunidade de freqüentar os espaços com atividades recreativas e lúdicas, além de poderem refletir sobre os conceitos de cidadania. Essa descontração que foge do padrão de uma aula formal, diverte, amplia o universo cultural e integra as crianças no projeto. Segundo Bethânia Brotto, coordenadora do Núcleo Centro Rexona Ades Heliópolis, a ocasião é favorável para as crianças vivenciarem ações saudáveis e educacionais, aproveitando o dia inteiro.

A programação incluiu passeios, gincanas, festivais de futebol, vôlei, jogos de tabuleiro e, como sempre, todos são premiados. Cada Núcleo elaborou o seu roteiro com atividades variadas. Em Heliópolis, mais de 270 crianças e adolescentes participaram das brincadeiras por dia. Os alunos dos outros Núcleos Socioeducativos (NSE) da região também entraram nas gincanas. Segundo Brotto, a intenção foi que todas as crianças e adolescentes dos projetos do Instituto Esporte e Educação e do Centro Rexona Ades participassem durante todos os dias das recreações.
 


 

Junho 2006

Tags relacionadas:

 


 

IV Semana Cultural no Núcleo Centro Rexona Ades Heliópolis

A Semana Cultural do Núcleo Centro Rexona Ades Heliópolis teve em sua quarta edição o tema Copa do Mundo. O evento foi de 26 a 30 de junho, e foi itinerante. No Núcleo Socioeducativo Pan (27) , no Núcleo Broto Centro Rexona Ades Francisco Meirelles (28), e no restante da semana no Núcleo Sede. A ação faz parte do calendário anual de atividades do núcleo, e tem o objetivo de integrar a comunidade e ampliar o universo cultural das crianças, jovens e adolescentes do projeto.

Desde o início de maio, alunos e professores estiveram envolvidos com os preparativos. Durante as aulas foram trabalhados assuntos relativos à origem do futebol e suas influências culturais. Como conclusão, as pesquisas e todos os materiais produzidos foram apresentados no evento. Outras atrações como: teatro, danças, oficinas de broche, chaveiro, mosaico, dobradura, kirigami, sessões de cinema, e a participação dos grupos musicais Lata na Favela, Fanfarra Campos Sales, e a Orquestra Baccareli também puderam ser conferidas.

 


 

Maio 2006

Tags relacionadas:

 


 

Instituto Esporte e Educação inaugura Núcleo Broto em Heliópolis

O Núcleo Broto será inaugurado no bairro de Heliópolis. O atendimento está previsto para 150 crianças da Escola Municipal Campos Sales. As turmas serão divididas por faixas etárias entre as quartas e quintas feiras. Segundo Ana Moser, presidente do Instituto Esporte & Educação, a concepção do núcleo Broto relaciona-se com a preocupação do Instituto Esporte & Educação e o Centro Rexona Ades de Voleibol de ampliar o atendimento das crianças nas comunidades já atendidas.

A estratégia aumenta a atuação nas comunidades envolvidas nas ações esportivas e socioeducativas. O IEE e o Centro Rexona Ades propõem a implantação de Núcleos Satélites, que se caracterizam por estarem localizados próximos aos Núcleos Sede. Em Heliópolis, o atendimento chegará a 1000 crianças e adolescentes, segundo a coordenadora dos Núcleos Centro Rexona Ades Heliópolis, Bethânia Brotto. O Núcleo Sede funciona na Rua Coronel Silva Castro, 58, e o primeiro Núcleo Broto, na Escola Municipal Francisco Meireles.

O trabalho realizado e os resultados alcançados são conhecidos pelas comunidades do entorno. Além disso, a carência da região por projetos de inclusão social reforça a idéia da ampliação.

 


 

Dois novos Núcleos em Itatiba – SP

O Município de Itatiba, no interior de São Paulo, se prepara para receber dois Núcleos do Centro Rexona Ades de Voleibol. O primeiro será na EMEF Profª. Albertina Marques e o segundo será implantado na EMEF Profª. Eliete Aparecida Sanfins Fusussi.

Segundo Ana Moser, presidente do Instituto Esporte & Educação, o projeto expandiu em número de atendimentos e de parcerias. O trabalho em Itatiba é fruto de mais de um ano de esforços em conjunto com a Secretaria de Educação do Município.

Os professores de Educação Física da rede municipal de Educação, que participam do Programa Método de Capacitação, serão os educadores dos dois Núcleos. A metodologia do esporte adaptado e da inclusão social pelas ações esportivas adquiridas por meio do projeto serão revertidas a 300 crianças e adolescentes nos dois núcleos.

 


 

Caravana do Esporte nas escolas

O conceito do esporte para todos é a pauta da Caravana Escolar. O primeiro palco, a EMEF Sud Menucci, estava lotado. Mais de 500 crianças e adolescentes, alunos e professores, puderam vivenciar algumas das modalidades da Caravana, sob orientação dos professores do IEE e do tenista Tota Medrado.

No roteiro, a intenção de promover o protagonismo juvenil e estreitar a relação do núcleo com a comunidade escolar, além de muitas atividades, como; vôlei, futebol, tênis, basquete, capoeira, ginástica olímpica, tênis de mesa e xadrez. Como ferramenta para difundir o conhecimento entre comunidades diferentes, o grupo de adolescentes do projeto Grêmio Heliópolis ofereceram aos alunos da escola uma oficina de Produção de redes de vôlei.

O aprendizado de transformar corda em rede ensina o jovem a se apropriar do espaço para prática esportiva, conta Bethânia Brotto, coordenadora do projeto Grêmio Heliópolis.
 


 

VIII Caminhada da Paz em Heliópolis

Em seu oitavo ano, a Caminhada da Paz mobilizou a comunidade da região de São João Clímaco. Entre as escolas, os núcleos socioeducativos, os Centros de Educação Infantil e o Núcleo Centro Rexona Ades Heliópolis, onde estavam presentes 120 crianças. O objetivo foi levar aos mais de 10 mil participantes uma reflexão sobre a cultura da PAZ. Segundo Braz Rodrigues Nogueira, diretor da Escola Campos Sales e organizador do evento, a intenção é de incentivar as demais entidades da comunidade a desenvolver atividades cotidianas que tenham como finalidade a aprendizagem do convívio respeitoso.
O percurso de quatro quilômetros e meio incluiu as ruas Cavalheiro Frontini, Estrada das Lágrimas, Rua da Mina, Florestal Padre, Coronel Silva Castro, Itamarati, e as ruas da Alegria, Silva e Sta. Ediviges. Cartazes com mensagens de paz foram confeccionados pelos jovens e, durante o caminho, todos cantaram músicas com o tema contra a violência.

 


 

Abril 2006

Tags relacionadas:

 


 

O IEE inicia o Programa Método em Sorocaba

O Programa Método amplia sua atuação no interior de São Paulo. A cidade de Sorocaba, a 87 km da capital, no Sudoeste do Estado, recebe o projeto em parceria com as Secretarias de Educação e Esporte do Município, assim como a Prefeitura Municipal de Capão Bonito e o Instituto Floravida, em Botucatu.

Cerca de 120 professores de Educação Física e Esporte serão capacitados com a metodologia do Instituto Esporte & Educação. Estão previstos 5 módulos de teoria e prática durante o ano de 2006.
 


 

Março 2006

Tags relacionadas:

 


 

Caravana do Esporte

Há exatamente um ano, em março de 2005, o projeto saiu do papel e virou realidade neste mesmo município, Alcântara, agora para uma segunda etapa: a realização de um Seminário de Professores, para avaliação da continuidade da Caravana.

No primeiro dia de Seminário, realizado na Escola Municipal Inácio de Viveiros Raposo, a Caravana reuniu, das 9h às 18h00, 60 professores da rede pública de ensino. Na coordenação do evento, os professores do Instituto Esporte & Educação, Alexandre Arena e Alan Leão iniciaram o trabalho com dinâmicas e reflexões para a avaliação do que havia sido desenvolvido após a passagem da Caravana. O foco das discussões foram as iniciativas corajosas, dificuldades, a falta de comunicação e de planejamento entre professores e poder público e a necessidade de se pensar uma organização estratégica para que o projeto se fortaleça e se transforme em uma política pública eficaz, uma ferramenta para o desenvolvimento da Educação no Município.

Ao final do dia, foram formadas 6 comissões: Parcerias, Eventos, Utilização Permanente de Materiais, Materiais Alternativos e Formação Continuada. A representação de cada uma dessas comissões resultou na formação de um Grupo Gestor. Cada professor presente no Seminário se enquadrou em um grupo, cada grupo com ações e responsabilidades específicas, o que possibilitará a participação de todos os profissionais na continuidade do projeto de forma organizada.

 


 

I Festival de Brincadeiras Tradicionais

A Escola Francisco Meirelles abrigou o primeiro Festival de Brincadeiras Tradicionais. O evento reuniu cerca de 300 crianças dos núcleos Heliópolis e Broto Heliópolis, ambos funcionam na própria escola. A iniciativa teve o objetivo de trazer de volta ao cotidiano dos alunos as diversões dos pais como: pega-pega, pular corda, roda, peão, burquinha (bolinha de gude), peteca, amarelinha e cinco Marias. As vivências foram organizadas na forma de circuito e os alunos foram divididos em grupos.

Além de integrar as crianças dos dois núcleos da mesma comunidade, os jogos lúdicos criam e recriam na imaginação das crianças a interpretação de mundo. Segundo o pesquisador Lev Semenovich Vygotsky, na brincadeira a criança movimenta-se em busca de parceria e na exploração de objetos; comunica-se com seus pares; se expressa por meio de múltiplas linguagens; descobre regras e toma decisões.

 


 

Conteúdo sindicalizado