História

2014

  • Início da implantação do Projeto Rede de Parceiros Multiplicadores em Esporte Educacional, nos pólos de Mato Grosso do Sul (7 municípios) e Alagoas (13 municípios);

  • Segunda Fase do projeto Cidades da Copa, nas cidades de: Fortaleza, Cuiabá, Natal, Salvador, Manaus, Recife;

  • Ampliação do projeto Formação de Professores da Rede Pública, para os municípios de Bragança Paulista (SP), Corumbá (MS), Pindamonhangaba (SP), São Paulo (SP), Petrolina (PE), Recife(PE);

  • Realização do processo de Seleção Pública, da Petrobras, para os projetos de Esporte Educacional de todo Brasil;

  • Publicação do livro: Avaliação de Impacto do Projeto Rede Multiplicadora

 

2013

  • Implantação do Projeto Rede de Parceiros Multiplicadores em Esporte Educacional, nos polos de Rio Grande do Sul (9 municípios) e Pernambuco (8 municípios);

  • Implantação dos núcleos Porto Alegre, Nilópolis e Salgueiro, pelo projeto Rede de Núcleos;

  • Primeira Fase do projeto Cidades da Copa, nas cidades de: Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte;

  • Início do Projeto Formação de Professores da Rede Pública, nas cidades de Tangará da Serra (MT), Camaçari (BA), Ouro Preto (MG), Vitória de Santo Antão (PE), Bauru (SP) e Itatiba;

  • Início do Projeto Parceiros da Educação nos municípios de São Paulo e Ilhabela

 

2012

  • Formação em Esporte Educacional para professores dos municípios da Bahia e Espírito Santo, por meio da parceria com a Suzano;

  • Implantação do projeto P&G, Esporte na Escola, Parnamirim, Porto Alegre, Salvador e Camaçari.

 

2011

  • Publicação da 2ª Revista Cordel Pedagógico com artigos sobre Esporte Educacional relacionado a diversos temas;

  • Início do Projeto Rede de Parceiros Multiplicadores em Esporte Educacional, em parceria com a Petrobras, atuando no Pólo da Bahia (07 municípios), no Pólo Amazonas (09 municípios) e no Pólo Rio de Janeiro (VO da Mangueira);

  • Publicação do Livro Organização Social de Esporte em Ermelino Matarazzo, desenvolvido com base da metodologia em Esporte Educacional aplicada pelo Instituto Esporte & Educação;

  • Formação em Esporte Educacional para Gestores Públicos e Diretores de Escolas da região do Vale do Jequitinhonha/MG;

  • Implantação da Plataforma de Ensino do Esporte Educacional à Distância.

 

2010

  • Aprovação das publicações com a metodologia em Esporte Educacional do Instituto Esporte & Educação no Programa Nacional de Bibliotecas da Escola (PNBE) - Professor 2010;

  • Publicação da 1ª Revista Cordel Pedagógico com artigos sobre Esporte Educacional relacionado a diversos temas;

  • Formação em Esporte Educacional para professores, integrantes do Programa Super Escola da rede municipal de Praia Grande/SP;

  • Formação de professores da APABB (Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de  Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade) em planejamento pedagógico e condução de atividades motoras/ esportivas;

  • Elaboração do 2° Guia SELO UNICEF / Plataforma do Semi-Árido.

 

2009

  • Início das atividades do Núcleo de Embu/SP;

  • Início da implantação de 06 Núcleos Jovem de Esporte nas cidades: Campos de Goytacazes/RJ, Nilópolis/RJ, Rio Grande/RS, Pelotas/RS, Bento Gonçalves/RS e Passo Fundo/RS;

  • A Caravana do Esporte completa cinco anos;

  • Participação no Programa de Planejamento para Ganho em Escala Ashoka/McKinsey;

  • Participação no desenvolvimento do Projeto Plataforma dos Centros Urbanos em parceria com o UNICEF.

 

2008

  • Realização do II Seminário “A Função Social do Esporte”, promovido pela Unilever, por meio do Programa Rexona/ Ades - Esporte Cidadão;

  • Início dos Encontros relacionados ao Projeto Inspiração Internacional nos quatro Pólos Brasileiros: Minas Gerais, Ceará, Alagoas e Pernambuco;

  • Início da primeira turma do Curso de Pós Graduação Esporte Sócio-Educativo: Método e Gestão, através da parceria entre o Instituto Esporte & Educação e a Faculdade Uirapuru de Sorocaba;

  • Início das atividades do Laboratório de Práticas Pedagógicas do Instituto Esporte & Educação (LAPIEE);

  • Início do Programa Oficinas do Esporte, que contou com a consultoria do professor João Batista Freire;

  • Publicação do Livro Práticas pedagógicas Reflexivas em Esporte Educacional, escrito pelos Coordenadores Pedagógicos do IEE.

   

2007

  • Realização do Seminário “A Função Social do Esporte - reflexões e perspectivas do esporte educacional”, promovido pela Unilever, por meio do Programa Rexona/ Ades - Esporte Cidadão;

  • Parceria do Intituto Esporte&Educação com o UNICEF, para desenvolver, dentro do SELO UNICEF - 2007/2008 - Município aprovado, o tema Esporte e Cidadania. Mais de 1000 municípios participaram desta etapa;

  • Ampliação dos convênios com o Programa São Paulo é uma Escola nas regiões de Campo Limpo e São Miguel Paulista, agora são 10 Núcleos;

  • Caravana do Esporte chega ao terceiro ano levando suas ações para grandes centros urbanos. Aconteceram edições na periferia de Salvador e São Paulo.

 

2006

  • O Instituto Esporte & Educação é um dos 10 finalistas do Prêmio Empreendedor Social Ashoka-McKinsey;

  • Inauguram-se dois Núcleos em Sorocaba nas seguintes escolas, atendendo cerca de 240 crianças e jovens entre 7 e 14 anos;

  • Parceria com as Coordenadorias Municipais de Educação de Campo Limpo e São Miguel Paulista e implantação de três Núcleos Esportivos em CEUs, no Programa São Paulo É Uma Escola;

  • Início das atividades em dois novos Núcleos Centro Rexona Ades de Voleibol na cidade de Itatiba. Atendimento de 240 crianças nas escolas EMEF Professora Albertina Marques e na EMEF Professora Eliete Aparecida Sanfins Fusussi;

  • Implantação dos Núcleos Esportivo Sócio-Educativos na cidade de Itatiba/SP em parceria com a Secretaria de Educação Municipal.

  

2005

  • A Caravana do Esporte é lançada e em seu primeiro ano atravessou dez municípios da região Norte, Nordeste e Centro Oeste do Brasil. O projeto atendeu mais de 9 mil crianças e adolescentes e mais de mil educadores da rede pública de ensino. Foram veiculados 10 documentários mensais pela ESPN/Brasil divulgando o Esporte Educacional na mídia televisiva;

  • O IEE inicia outros dois Pólos do Programa Método: na cidade do Rio de Janeiro, em parceria com a secretaria de Esportes, e no Interior de São Paulo, na região de Campinas, em parceria com Prefeituras e com o Sesi, atendendo, ao todo, 120 professores;

  • Publicação do Livro Jogos Educativos - Estrutura e Organização da Prática, escrito pelos Coordenadores Pedagógicos do IEE;

  • Implantação dos Núcleos Esportivo Sócio-Educativos VO Padre Miguel, VO Mestre André e SESC Tijuca na cidade do Rio de Janeiro/RJ.

  

2004

  • O IEE implanta quatro núcleos em São Sebastião;

  • São abertos mais dois núcleos nas quadras dos conjuntos habitacionais CDHUs Marechal Tito e Jardim São Luís;

  • Início do projeto piloto do Programa Método de Capacitação para professores de Educação Física, em São Sebastião.

  

2002

  • Início das atividades no Núcleo de Vinhedo;

  • É inaugurado o primeiro núcleo do Programa Esporte Cidadão/IEE em parceria com a comunidade Heliópolis, atendendo 200 crianças e adolescentes.

  • IEE é qualificado como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público);

  • Início da Sistematização da Metodologia IEE em esporte Educacional.

 

2001

  • É criado o Instituto Esporte e Educação, uma Organização Civil de Interesse Público, com o objetivo de desenvolver a cultura esportiva em comunidades de baixa renda a partir da educação física e dos valores físicos, morais e éticos do esporte educacional.

  • Começam as atividades do primeiro núcleo esportivo do IEE/ Programa Rexona/ Ades Esporte Cidadão, o Núcleo Indaiatuba, com 120 crianças e adolescentes;

  • IEE implanta o Núcleo Esportivo Sócio-Educativo Heliópolis. 

1999

  • Lançamento do projeto Ana Moser Sports - Voleibol Escolar em parceria com o Colégio Magno, em São Paulo. Este projeto piloto atendeu crianças de 7 a 12 anos. O objetivo do projeto era desenvolver uma metodologia de formação esportiva. Um grupo de professores começa a ser treinado, representando a primeira semente do IEE.